Bruges, visita à Basílica do Sangue Sagrado

Bruges é uma cidade belga encantadora, medieval e famosa por sua beleza e história, porém o que muitos não sabem, é que ela guarda uma cápsula que contém supostamente o Sangue Sagrado de Jesus.

Bruges é surpreendente. Foto: VAGP / Blog Destinos por onde andei...

Bruges parece ter parado no tempo. Foto: VAGP / Blog Destinos por onde andei…

Bruges fica pouco mais de uma hora de trem da capital Bruxelas, é um passeio obrigatório e que dá para se fazer em um dia. Foi o que fizemos e conseguimos ver muita coisa na cidade que é conhecida como a Capital da Província de Flandres.

Mas o que eu não gostaria de deixar de visitar mesmo era a Basílica do Sangue Sagrado ou Basilica of the Holy Bloodjustamente por não ser muito conhecida, ser cercada por uma história mística e ser o local onde se encontra a relíquia.

Seu exterior não lembra uma igreja tradicional. Foto: GGOP / Blog Destinos por onde andei...

Seu exterior não lembra uma igreja tradicional. Foto: GGOP / Blog Destinos por onde andei…

A Basília remonta ao Século 12 e não tem aspecto exterior de igreja como tradicionalmente conhecemos, mas se parece com um prédio como outros na cidade.

Fachada medieval e ornamentada. Foto: GGOP / Blog Destinos por onde andei...

Fachada ricamente ornamentada. Foto: GGOP / Blog Destinos por onde andei…

Um dos leões da entrada. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

Um dos leões da entrada. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Mas quando entramos na Basílica, os ambientes se abrem e mostram a beleza e cuidado com os detalhes, além de uma rotina de apresentação da relíquia e missas que seguem um cronograma rígido.

Vitrais coloridos. FAAP/ Blog Destinos por onde andei...

Vitrais coloridos. Foto: FAAP/ Blog Destinos por onde andei…

No andar de baixo, uma capela dedicada à S. Basílio de Cesareia nos recebe, erguida entre colunas e com uma simplicidade que impressiona e encanta.

Capela simples e singela. Foto: FAAP / Blog Destinos por onde andei...

Capela simples e singela. Foto: FAAP / Blog Destinos por onde andei…

É ela que suporta a capela superior e foi construída em estilo românico, sua iluminação exibe os detalhes da arquitetura simples, mas impressionante.

Bancos de madeira e paredes de tijolos. Foto: GGOP / Blog Destinos por onde andei...

Bancos de madeira e paredes de tijolos. Foto: GGOP / Blog Destinos por onde andei…

Acendemos uma vela e colocamos junto às outras. Foto: GGOP / Blog Destinos por onde andei...

Acendemos uma vela e colocamos junto às outras. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Imagem de Cristo. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

Imagem de Cristo. Foto:vGGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Subindo as escadas chegamos ao local onde são realizadas as missas de sextas às quartas-feiras, 11:00 h e exposta a cápsula todas as sextas-feiras, às 10h e 15h.

As escadas são em estilo medieval. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

A linda escadaria foi construída em estilo renascentista. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

O telhado é lindamente decorado. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

O telhado é lindamente decorado. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Demos muita sorte de termos visitado a cidade em uma sexta-feira e após o passeio de barco pelos canais, chegamos à Basílica por volta de 14:30h, a tempo de entrar na fila para vermos a relíquia.

A fila já havia se formado. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

A fila já havia se formado. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Os visitantes já estavam contemplando a relíquia. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

Os visitantes já estavam contemplando a relíquia. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

até o momento que chegou a minha vez. FAAP/ Blog Destinos por onde andei...

até o momento que chegou a minha vez. Foto: FAAP/ Blog Destinos por onde andei…

Achei emocionante estar de frente à relíquia, fazer uma oração pela minha família e agradecer à Deus por tudo na minha vida. No final, a senhora que fica no altar me entregou um livreto com uma oração em vários idiomas, tenho guardado comigo como recordação daquela visita.

O livreto que cada visitante recebe. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

O livreto que cada visitante recebe. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

O verso com a imagem da cápsula. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

O verso com a imagem da cápsula. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

e a oração traduzida para o português. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

e a oração traduzida para o português. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Em seguida continuei conhecendo mais da Basílica e registrando todos os detalhes dessa belíssima igreja.

A nave da Basílica. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

A nave da Basílica. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Pequena, mas espetacular. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

Pequena, mas espetacular. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Arcos coloridos. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

Arcos coloridos. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

O altar ricamente decorado. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

O altar ricamente decorado. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

A história conta que o Conde de Flandres retornou da Segunda Cruzada com o objeto, uma cápsula de vidro com o sangue sagrado de Jesus e que pertencia à uma série de relíquias relacionadas com o sofrimento de Jesus Cristo.

Quadro com a representação da relíquia. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

Quadro com a representação da relíquia. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

Ampliação de fotografia da cápsula. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

Ampliação de fotografia da cápsula. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

E o quadro que revela a história em detalhes. GGOP/ Blog Destinos por onde andei...

E o quadro que revela a história em detalhes. Foto: GGOP/ Blog Destinos por onde andei…

O pedaço de tecido teria sido utilizado por José de Arimateia para limpar o corpo de Jesus quando foi retirado da cruz.

A fé é que atrai tantos visitantes à esta Basílica, além dos ambientes lindamente decorados. Fiquei impressionada com o que vi e recomendo à todos que puderem visitar Bruges que não deixem de conhecê-la, pois vale muita a pena.

Gisele Prosdocimi

Gisele Prosdocimi

Amo viagens, fotografia e gastronomia, posto tudo aqui no blog com o objetivo de informar, registrar e compartilhar lugares e momentos maravilhosos com as pessoas que também curtem estes hobbies.
Gisele Prosdocimi

Últimos posts por Gisele Prosdocimi (exibir todos)

26 comentários sobre “Bruges, visita à Basílica do Sangue Sagrado

  1. ENIERVERSON DIAS VIANA

    Gisele…. impressionante o nível de detalhe de sua postagem… texto e fotos…. e a dica fundamental foi falar que SOMENTE AS SEXTAS-FEIRAS é que a sagrada cápsula está exposta pois indo outro dia não veríamos esta relíquia… parabéns pelo seu post …. como sempre você com seu blog sendo fundamental para um bom planejamento de viagens turísticas…!

    1. Gisele Prosdocimi Autor da Postagem

      Muito obrigada, Enierverson, adorei o elogio, ainda mais vindo de você, excelente fotógrafo. Espero que você não deixe Bruges de fora da sua viagem à Europa com sua esposa, porque vão adorar. Um grande abraço.

  2. Naiara Back

    Quando fui para Bruges em 2011 essa e outras tantas igrejas estavam fechadas 😢 já tinha lido a respeito do sangue de Jesus nessa igreja, mas não tinha ideia do quão linda ela é. E nem parece que é tão grande assim hehe.

  3. Melissa Lima

    Gi, eu amei Bruges, achei um mimo de cidade, mas tenho que te confessar que nao visitei esse templo tao cheio de historias! Nunca tinha ouvido falar, e nem o guia de la me contou… 🙁 E achei pouco um dia só! Queria ter ficado mais e conhecido cada cantinho. Mas, fazer o que né? Ainda bem q as amigas blogueiras estao aí pra nos mostrar! Saludos!

  4. Simone Hara

    Olha! Não sabia disso! Agora fiquei ainda mais arrependida de ter deixado Bruges fora do meu roteiro na minha passada pela Europa! Adorei saber disso e já anotei pra conhecer esta igreja (estou planejando voltar à Europa ano que vem e certeza que incluirei Bruges)

    1. Gisele Prosdocimi Autor da Postagem

      Vai adorar Bruges, Lívia, que cidade encantadora, e essa igreja não é muito conhecida pelos turistas, espero que goste tanto quanto eu. Fique de olho nos dias e horários para não perder a oportunidade. Grande beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *