O encantador Parque Eduardo VII em Lisboa

Visitamos o Parque Eduardo VII em Lisboa em nosso segundo dia na cidade, logo de manhã cedo, com os raios do sol a iluminar o que considero um dos lugares mais encantadores da capital lusitana.

Parque Eduardo VII, Lisboa

Parque Eduardo VII, Lisboa

Parque Eduardo VII, Lisboa

 

O Parque foi batizado em 1903 com o nome de Eduardo VII, rei do Reino Unido e filho da Rainha Vitória, um ano depois de sua visita à Lisboa, com o objetivo de reafirmar a aliança dos dois países.

Iniciamos nosso percurso pela Praça Marquês de Pombal, onde está afixada uma estátua em homenagem ao então Ministro que reconstruiu Lisboa após o terrível terremoto de 1755.

Praça Marquês de Pombal

Praça Marquês de Pombal

A estátua do Marquês de Pombal

A estátua do Marquês de Pombal


Booking.com

Praça Marquês de Pombal, Lisboa

Praça Marquês de Pombal, Lisboa

O Parque é constituído por um grande canteiro central, plantado com arbustos que formam um lindo desenho geométrico e ladeado por duas alamedas em calçada portuguesa, por onde subimos e descemos bem devagar, observando toda a vegetação lateral e as raras construções existentes no local.

Subindo o Parque Eduardo VII

Subindo o Parque Eduardo VII

Bancos antigos para o descanso

Pavilhão Carlos Lopes, antigo centro desportivo

Pavilhão Carlos Lopes, antigo centro desportivo

Também existem no parque um lago de carpas, uma estufa, parquinho para crianças, restaurantes, coreto, piscina, entre tantas outras atrações, além de ser o local onde acontece a já tradicional Feira Anual do Livro, que atrai multidões.


Booking.com

E fomos subindo até o alto dessa colina e chegando lá é que pudemos descobrir toda a beleza do Parque Eduardo VII.

Uma vista maravilhosa do Tejo

 

A vista é ampla, passando pela Avenida da Liberdade e se encerando no azul do Rio Tejo, ao fundo, criando uma perspectiva encantadora.

Parque Eduardo VII

Parque Eduardo VII

Salve o pin abaixo e compartilhe este post em seu Pinterest!!!

No topo da colina o maior parque de Lisboa exibe o Monumento ao 25 de Abril, polêmica obra do artista plástico João Cutileiro.

Monumento ao 25 de abril

A polêmica se deve à aparência fálica do monumento que representa a Revolução Portuguesa de 1974, apesar do artista não concordar com o desagrado da população.

Monumento ao 25 de abril

Um local de contemplação em Lisboa

 

Polêmicas à parte, o local é muito agradável, e além da vista linda de Lisboa, o visitante pode saborear um delicioso sorvete vendido ali mesmo em um carrinho e com um atendimento bastante simpático do sorveteiro.

No calor do verão europeu não pensamos duas vezes, eu escolhi o sabor de pistache que estava muito bom por sinal.

O movimento estava grande

O movimento estava grande

O carrinho tem até página no Facebook

O carrinho tem até página no Facebook

Um sorvete e Lisboa ao fundo

Um sorvete e Lisboa ao fundo

Depois de tirarmos várias fotos e nos refrescarmos com os sorvetes, descemos a alameda da direita em direção à Avenida da Liberdade e o centro de Lisboa, um passeio tranquilo e relaxante.

Um dos passeios laterais do Parque Eduardo VII

Descendo a Avenida da Liberdade

 

Passamos novamente pela Praça Marquês de Pombal e aí sim fomos conhecer a tão afamada Avenida da Liberdade, repleta de árvores, lindos prédios históricos e comércio luxuoso e variado.

Praça Marquês de Pombal

Praça Marquês de Pombal

Avenida da Liberdade Lisboa

Avenida da Liberdade

Marcas luxuosas

Marcas luxuosas

Joalherias impressionantes

Joalherias impressionantes

Avenida da Liberdade Lisboa

Prédios imponentes

Avenida Liberdade Lisboa

e muito verde

O que mais gostei na Avenida da Liberdade foi uma loja com um artesanato rico e colorido, inclusive com azulejos decorativos, típicos de Portugal. Pedi permissão para fotografar e a atendente concordou.

Fachada da loja Artes e etc

Fachada da loja Artes e etc

Azulejos portugueses

Azulejos portugueses

Azulejos portugueses

Não são lindos?

Esse foi nosso passeio ao Parque Eduardo VII, recomendo muito para quem quer descobrir uma Lisboa diferente e bastante agradável, além de ser um programa gratuito que agrada à toda a família. Gostou da dica?



Booking.com

Mondial Seguros

Gisele Prosdocimi

Gisele Prosdocimi

Amo viagens, fotografia e gastronomia, posto tudo aqui no blog com o objetivo de informar, registrar e compartilhar lugares e momentos maravilhosos com as pessoas que também curtem estes hobbies.
Gisele Prosdocimi

Últimos posts por Gisele Prosdocimi (exibir todos)

18 comentários sobre “O encantador Parque Eduardo VII em Lisboa

  1. Dani Bispo

    Lisboa é realmente surpreendente. Já fui 2 vezes à cidade e não conheci esse parque. Ficará anotada para a a próxima viagem.

    Dani Bispo
    abolonhesa.com

  2. contramapa

    Também gosto muito do Parque Eduardo VII! Uma das melhores alturas para conhecer o parque é durante a feira do livro anual de Lisboa… Existem muitas barracas de livros, de comida e até eventos, como apresentações de escritores e concertos!

  3. Marta Chan

    É interessante ver a forma como as pessoas vêem a cidade que moramos. Eu adoro ir a este parque, é onde fazem a feira do livro e muitas outras feiras. O monumento é todo ele uma polémica hehe

  4. Klécia

    Lisboa é esse encanto todo que suas fotos mostram! Esse parque parece ser mesmo uma das coisas mais lindas dessa cidade tão charmosa e cativante! E que encantadores os azulejos, ia querer trazer vários pra casa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *