Minhas viagens de trem na Europa

Viagens de trem na Europa são quase obrigatórias para quem cruza o oceano rumo ao Velho Mundo, e existem três bons motivos para isto: é bom, bonito e barato!

Estas três qualidades já bastariam, não é? Mas tem uma quarta que é tudo de bom: é rápido também!

Viajar de trem, conforto e comodidade

Viajar de trem, conforto e comodidade

É rápido por ser um meio de transporte super moderno, você geralmente pega o trem dentro da cidade e larga dentro de outra cidade, o que facilita demais sua vida.

Geralmente as estações de trem ficam dentro ou muito próximas dos centros das cidades, evitando que você precise pegar outro transporte para chegar à sua hospedagem.

Você também não vai perder horas no trânsito ou estradas para chegar lá, o que faz com que ganhe muito tempo. Eu recomendo sempre!

Então, como incentivo segue abaixo:

Minhas viagens de trem na Europa

 

Minha primeira viagem de trem na Europa foi de Paris para Versalhes, para conhecer o famoso Castelo de Versalhes, e que viagem!

De Paris à Versalhes

 

Eu marinheira de primeira viagem achei tudo a coisa mais linda e fiquei fascinada com tanta facilidade e conforto.

Peguei o RER que é o trem que sai de Paris rumo aos destinos próximos, e que passa pelas linhas de metrô da cidade.

RER Paris

Já acomodada no RER. Olha a selfie!!!

Minhas viagens de trem na Europa

A paisagem reservava surpresas

Rumo à Versalhes

e estações pelo caminho

Chegada à Estação de Versailles

Chegada à Estação de Versalhes

De Roma à Florença

 

Minha segunda viagem de trem foi de Roma, saindo da Termini para a Estação Santa Maria Novella, em Florença.

Esta viagem demora somente 1 hora e 30 minutos e gerou até um post; quer saber mais como foi? Clique aqui!

O trem da Trenitalia é muito moderno e bonito

O trem da Trenitalia é muito moderno e bonito

O trem da Trenitalia é muito moderno e bonito

Bem iluminado e espaçoso

O trem da Trenitalia é muito moderno e bonito

Com todo conforto que o passageiro precisa

Tive a oportunidade de fazer esta viagem por duas vezes e com o mesmo conforto e comodidade, uma excelente opção de acesso entre as duas cidades.

De Florença à Milão

 

Depois de passar dois dias em Florença segui de trem para Milão, saindo bem cedo da Estação de Santa Maria Novella.

Após 1 hora e quarenta minutos cheguei à estação mais movimentada de Milão, a Milano Centrale.

Trem da Trenitalia

Um painel mostra toda a viagem com as informações necessárias. Quase 300 Km por hora!

Milano Centrale

A alegria na chegada à Milano Centrale

Milano Centrale

de arquitetura exuberante

De Nice à Mônaco

Este é um trecho que dura  aproximadamente 40 minutos de paisagens maravilhosas às margens do Mar Mediterrâneo.

Minhas viagens de trem na Europa

Olha o que estava á nossa espera

O trem parte da Estação Niceville rumo à Gare de Mônaco, que fica bem no meio da cidade, uma facilidade para quem pretende assistir ao Grande Prêmio de Fórmula 1.

Niceville é uma gracinha

Niceville é uma gracinha

Minhas viagens de trem na Europa

O trajeto é maravilhoso

Chegada à Gare de Mônaco

Chegada à Gare de Mônaco

Leia neste post a nossa experiência, clicando aqui!

De Bruxelas à Bruges

 

Ah, a Bélgica! Quanta facilidade para andar de trem neste país e foi isto que fizemos em nossa oportunidade de conhecê-lo.

Estação Central de Bruxelas

Estação Central de Bruxelas

Para começar, a Estação Central de Bruxelas fica bem próxima à região turística mais visitada da cidade e dá para ir a pé.

Rumo à Bruges

Rumo à Bruges

O percurso demora apenas 1 hora e 10 minutos para se chegar à Bruges, um dos destinos mais desejados dos turistas que visitam a Bélgica.

Bruges

A placa Brugge avisa que chegamos ao nosso destino

Bruges

A estação fica bem próxima ao centro histórico da cidade

Da estação seguimos caminhando a pé em direção ao centro histórico de Bruges, é bem perto e todos fazem desta forma.

De Bruges à Ghent

 

Ghent foi outro destino que fiz questão de incluir em nossa visita à Bélgica e valeu muito a pena.

De Bruges partimos de trem para Ghent em um percurso de no máximo 25 minutos, só que a estação fica um pouco afastada do centro da cidade.

Estação de Ghent

Estação de Ghent

Estação de Ghent

Que é linda por sinal

Para quem chega de trem à cidade, precisa pegar um tram, um tipo de metrô de superfície, em um ponto que fica próximo à estação e seguir até o centro histórico.

No tram em Ghent

No tram em Ghent

Esse é o tram que nos levou ao centro histórico de Ghent

Esse é o tram que nos levou ao centro histórico de Ghent

Para retornar à estação, basta pegar novamente o mesmo tram, no ponto que parou na chegada.

 

De Bruxelas à Antuérpia

 

Esta viagem de trem fizemos com menos de 50 minutos, partindo de Bruxelas com destinos à linda estação de Antuérpia.

Estação Central de Bruxelas

Estação Central de Bruxelas

Rumo à Antuérpia

O trem é bem simples, porém confortável e limpo

Sub-solo, chegando à estação de Antuérpia

Sub-solo, chegando à estação de Antuérpia

Estação de Antuérpia

Estação de Antuérpia

Interior da estação de Antuérpia

Interior da estação de Antuérpia

Cúpula da estação de Antuérpia, considerada uma das mais bonitas do Mundo

Cúpula da estação de Antuérpia, considerada uma das mais bonitas do Mundo

De Milão à Lugano

 

Fizemos um bate e volta à Lugano, passando um dia especial na cidade, ensolarado, regado à chocolate e delícias da região.

Rumo à Lugano

O trem é bastante confortável

Rumo à Lugano

E a vista linda

Chegando à Lugano

Chegando à Lugano

E retornando à Milão com este cenário lindo de Lugano

E retornando à Milão com este cenário lindo de Lugano

Esta viagem também gerou um post, uma experiência maravilhosa partindo da Itália em direção à Suíça. Leia aqui!

 

De Milão à Veneza

 

Partimos de Milão em direção à Veneza, onde passamos dois dias na cidade, uma viagem que deixou saudades.

O vídeo abaixo fala mais do que as palavras, assista e veja se não vale a pena chegar de trem à Veneza.

Estação Santa Lucia, Veneza

Estação Santa Lucia, Veneza

De Milão à Como

Como é um destino que eu tinha muito desejo de conhecer e estando em Milão foi muito fácil chegar até esta cidade às margens do lago de mesmo nome.

Em menos de 40 minutos chegamos à Como partindo da Estação Milano Centrale, que ficava bem perto de nosso hotel em Milão.

Milano Centrale

Milano Centrale

Um dos nossos bilhetes com destino à Como

Um dos nossos bilhetes com destino à Como

Uma dica importante é validar os bilhetes de trem antes de embarcar, porque os fiscais podem multar quem não estiver com os mesmos validados.

Antes de embarcar os bilhetes devem ser validados

Antes de embarcar os bilhetes devem ser validados

Estação Como S. Giovanni

Estação Como S. Giovanni

Como, Itália

E o pôr do sol maravilhoso, visto do passeio de barco que fizemos

De Milão à Monza

 

O objetivo desta viagem foi irmos ao encontro do Grande Prêmio de Fórmula 1 em Monza, eu ficaria em Monza e meu marido e nosso filho iriam assistir à corrida.

Alguns trens partem de Milano Centrale diretamente para o parque próximo à Monza e onde fica o circuito.

Estação de Biassono Lesmo Parco próximo à Monza

Estação de Biassono Lesmo Parco próximo à Monza

Fórmula 1 Monza

Várias barracas ofereciam comidas, bebidas e produtos relacionados ao evento

Como pegamos o trem que ia direto ao parque e este fica afastado de Monza, acabei decidindo retornar sozinha para Milão e aproveitar um pouco mais da cidade.

Monza

Eu fotografava tudo para o blog

Outros trens passaram nesta estação deixando vários passageiros que iriam assistir à corrida, enquanto eu aguardava meu trem.

Monza

Vários passageiros chegavam para o evento

Paisagem no meu retorno à Milão

Paisagem no meu retorno à Milão

Meu trem me deixou na Estação Porta Garibaldi, fiz umas comprinhas e peguei um metrô para a Estação Milano Centrale, que ficava perto do meu hotel. Pronto cheguei!

Estação Porta Garibaldi em Milão

Estação Porta Garibaldi em Milão

De Milão à Gênova

Partimos de Milão, da Estação Milano Centrale até a Estação Gênova Brignole, em um trajeto que durou aproximadamente 1 hora e meia.

O que mais me chamou a atenção nesta viagem de trem foi a beleza do trajeto, entrecortado por rios com pedras brancas e água esverdeada.

Milano Centrale

Mais uma vez partimos de Milano Centrale

Rumo à Gênova

Pedras muito brancas no caminho

Rumo à Gênova

Uma bonita paisagem

Chegando em Gênova, Ligúria

Chegando em Gênova, Ligúria

De Gênova à Cinque Terre

 

Cinque Terre era um sonho e quando descobri que ficava bem perto de Gênova, onde eu passaria 9 dias, tratei de tornar esse sonho realidade.

De Gênova foi fácil realizar o sonho, partindo da estação Gênova Brignole, a viagem demora cerca de 1 hora e 15 minutos, sendo que tem uma parada para troca de trem em Sestri Levante.

Estação Gênova Brignole

Estação Gênova Brignole

Em Cinque Terre o visitante tem que comprar o 5 Terre Express que dá direito à utilizar o trem que vai parando nos vilarejos, um sobe e desce que vale muito a pena.

5 Terre Express

5 Terre Express

Manarola, Cinque Terre, Itália

Manarola, uma das Cinque Terres, não disse que vale a pena?

De Gênova à Portofino

Estive em Portofino com meu marido e nosso filho, partimos também da estação Gênova Brignole até a estação de Santa Margherita Ligure, em um trecho de menos de meia hora.

Chegando à estação de Santa Margherita Ligure

Chegando à estação de Santa Margherita Ligure

Na estação passa um micro-ônibus que atravessa a cidade de Santa Margherita Ligure e leva até Portofino.

Aguardando o ônibus para Portofino, Santa Margherita ao fundo

Aguardando o ônibus para Portofino, Santa Margherita ao fundo

Portofino, Itália

Ao fundo a Igreja de San Giorgio e o Castelo Brown

Portofino é um dos lugares mais lindos que já conheci na minha vida e não é para menos. O mar mediterrâneo abraça este destino com sua tonalidade verde esmeralda encantadora.

Portofino vista do Castelo Brown

Portofino vista do Castelo Brown

Barcos de todos os tamanhos atracam em sua pequena marina, de pequenos botes a iates luxuosos.

Suas lojas de grife, restaurantes típicos e o ar glamouroso fazem deste destino um dos mais desejados da Itália. Um luxo!

Portofino, um destino encantador na Itália

Portofino, um destino encantador na Itália

Almoçamos e passamos um dia maravilhoso em Portofino e na volta para Gênova, descemos do ônibus para conhecer Santa Margherita Ligure, voltamos à pé para a estação, que fica bem próxima.

Santa Margherita Ligure, Itália

Santa Margherita Ligure

Estas foram as minhas viagens de trem pela Europa, espero que venham muitas mais, experiências que me enriquecem e enchem minha alma de recordações e alegria.

Este post faz parte da Blogagem Coletiva #viajardetrem do Grupo Pequenos Grandes Viajantes, onde vários blogueiros contam suas viagens de trem por este mundo surpreendente.

Prestigie os posts e se surpreenda com as dicas incríveis dos blogueiros nos links abaixo:

 

Gisele Prosdocimi

Gisele Prosdocimi

Amo viagens, fotografia e gastronomia, posto tudo aqui no blog com o objetivo de informar, registrar e compartilhar lugares e momentos maravilhosos com as pessoas que também curtem estes hobbies.
Gisele Prosdocimi

Últimos posts por Gisele Prosdocimi (exibir todos)

15 comentários sobre “Minhas viagens de trem na Europa

  1. Viajento

    Uaaau, você já aproveitou esse meio de transporte bom, bonito e barato em várias viagens! Como você disse, também acho a localização das estações de trem uma das maiores vantagens, visto que geralmente já ficam perto do centro histórico e você acaba economizando dinheiro e tempo quando comparado ao deslocamento até um aeroporto.

  2. Pingback: Viajar de trem: um meio de transporte charmoso e eficiente

  3. Rayane

    Gi, quantas viagens lindas de trem você fez!
    Ainda não conheço a Itália, mas certamente viajar de trem por lá será minha opção. Adorei a dica do 5 Terre! Deve ter cada vilarejo lindíssimo pelo caminho…
    Valeu pelas dicas! São preciosas!
    Beijão

  4. cris

    Depois de ler um post desses a minha certeza é que qualquer dúvida sobre viagens de trem na Europa você é a pessoa a buscar! Quanta experiência linda! Obrigada por compartilhar! Beijos!

  5. Analuiza

    oi Gisele… eu também sou uma aficionada por viagens de trem! É tão prático né?! Entramos, sentamos confortavelmente e vamos apreciando as paisagens que costumam ser muito bonitas!

    Isso sem contar que encontramos aqui e acolá muitas lindas estações de trem né?! A de Antuérpia, por exemplo, que ainda não conheço e você mostrou aqui é linda, linda! 🙂

    Dos trechos que você já fez só temos em comum Roma – Florença, mas fiquei pela cidade por 15 dias mais ou menos e não queria sair mais nunca! rsrsrs

    Você fez trechos maravilhosos! Vontade de pegar um trem bem agora! 🙂 bjus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *